quarta-feira, 26 de junho de 2013

Dica para o frio: Sopa de Cebolas harmonizada com vinho

sopa-de-cebola-vinho-sierra-cantabria-peninsula
Mais uma receita do Portal do Blog Península vinhos,  harmonizada com vinhos da Espanha
Receita: Sopa de Cebolas
Caderno de Receitas de família
Harmonização: Camila H. Coletti, Wine Writer e especialista em vinhos.



Ingredientes
1/2 kg de cebolas em rodelas finas
100 g de margarina
5 colheres de sopa de farinha de trigo
1 1/2 l de caldo de carne ou de galinha (pode ser feito com 2 cubos para este volume de água)
1/2 xícara de chá de queijo parmesão ralado
Torradas
Azeite

Modo de Preparo:
Em uma panela, frite a cebola na margarina, quando estiverem douradas, polvilhe a farinha, e vá mexendo para não empelotar, junte aos poucos o caldo fervente,  sempre mexendo e ferva por 15 minutos, aproximadamente.
Para servir, coloque as torradas no fundo da cumbuca individual, adicione a sopa quente,
polvilhe queijo parmesão ralado e acompanhe com mais torradas e azeite.
Caso queira gratinar, coloque mozarela ralado por cima, antes do queijo parmesão, e leve ao forno quente para gratinar.
Harmonização
Um prato de confecção simples e matizes de carboidrato, com aromas da cebola,  pede por consequência vinho frutado, eu gosto de usar tempranillo nestas harmonizações, desde que seja o tempranillo correto, nos detalhes da vinificação para o prato, o casamento será sempre perfeito. Este é um dos exemplos onde obtive perfeição, ficou saboroso, com harmonização de sabores e aromas e até o ansiado 3º sabor resultante da união do vinho com o prato 
Difícil de largar esta combinação, que cai super bem nestas noites frias de inverno. 
O Tempranillo escolhido foi o Sierra Cantabria crianza, com 14 meses de carvalho, muito frutado, mas com complexidade em outros aromas, com taninos aveludados, perfeitamente integrados com as nuances do vinho, macio, envolvente e equilibrado, um Tempranillo crianza que recebeu nesta safra, 90 pontos de Robert Parker com uma previsão de consumo ideal até 2021.

Sierra Cantabria Crianza 
D.O.Ca. Rioja
Bodegas Sierra Cantabria
Safra: 2006 / 2009
90 pontos Robert Parker
País: Espanha

Disponível em nossa Loja Virtual 

Foto da sopa: Divulgação Google, caso conheça a autoria, favor informar para os devidos créditos.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Ambrosia mineira harmonizada com vinho, uma delícia!

ambrosia-vinho-alvear-peninsula-vinhos
Receita: Ambrosia Mineira Vinho: Alvear Solera 1927
Resgatando receitas típicas antigas: Livro Açúcar União                     HarmonizaçãoCamila H. Coletti         

De origem controversa, atribuída ora a Portugal ora à Espanha, a Ambrosia é conhecida em Minas Gerais desde 1876, muito provavelmente introduzida pelos portugueses, e na época era consumida em refeições e reuniões mais sofisticadas. Esta é uma receita típica de Minas Gerais que incorpora inclusive, o queijo típico da região, queijo minas meia cura.

Ingredientes:
1 kg de açúcar
1/2 litro de água
1 litro de leite fervente
12 gemas
6 claras
1 xícara de chá de queijo minas meia cura ralado
1 colher de sopa de farinha de trigo
canela a gosto.

Preparo:
com o açúcar e a água fazer uma calda grossa, caso prefira mais escuro, derreter levemente o açúcar ants de preparar a calda, deixar esfriar um pouco e acrescentar o lei fervente, separar.
Em outra tigela bater as gemas com as claras (em neve), colocar a farinha, o queijo e a canela.
Voltar a calda para o fogo e quando estiver fervendo acrescentar o creme dos ovos às colheradas e sem mexer, reduzir o fogo, ao ferver estará pronto, quando a calda estiver incolor, esfriar e passar o doce para uma compoteira, coar a calda, esperar esfriar e colocar sobre o doce.
Polvilhar com mais canela e enfeitar com canela em pau caso queira.
Observação contida na receita: É um doce muito delicado e próprio para servir com muita cerimônia.
Harmonização: Para acompanhar este preparo, com bastante peso no açúcar, o vinho ideal é, e sempre será, um  Pedro Ximenez típico, com bom aporte de açúcar natural. Atentem para este fato, não é um vinho, onde foi acrescentado o açúcar, como acontece em vinhos populares, e sim um vinho elaborado com as uvas Pedro Ximenez, que tem um espetacular poder, de desenvolver açúcares naturais, especialmente pelo processo de elaboração, que consiste na passificação das uvas (processo de desidratação que antecede as uvas passas), resultando em menos mosto, porém em muita concentração de açucares naturais. Leia a respeito, em matéria já desenvolvida aqui no BLOG: Pedro Ximenez adoça a tua vida
O vinho Pedro Ximenez foi capaz de casar perfeitamente com a ambrosia,  agregando a ela, seus deliciosos sabores de figos caramelados e frutas secas, determinando um conjunto amplo de sabores, agradável,  cativante com sabor de quero mais
Ideal para finalizar aqueles momentos especiais a dois, especialmente nos dias frios!

Testado com o Pedro Ximenez Solera 1927 Alvear

A Península Vinhos,  importa da Espanha alguns vinhos com a uva Pedro Ximenez, conheça-os em nossa Loja Virtual:


terça-feira, 18 de junho de 2013

Orben um vinho com 92 pontos de equilíbrio e longevidade

orben-blog-peninsula-vinhos-espanha
Mais um vinho representante da Rioja Alavesa, que fascina quem tem o prazer de degustá-lo, Orben 2005 é um vinho com 97% de Tempranillo e 3% de Graciano,  provenientes de uma seleção de 79 micro parcelas de vinhedos (dados atualizados), plantados entre 1945 e 1954, em solo argiloso e calcário.

A Rioja é certamente, a região mais conhecida da Espanha e vem colecionando admiradores, desde tempos remotos,  é nela, que encontram-se  duas  Bodegas, pertencentes ao Grupo Artevino, a Bodegas Orben e a Bodegas Izadi, ambas da região denominada Rioja Alavesa, além destas duas bodegas, o grupo conta também, com outras duas bodegas a Bodegas Vetus em Toro e a Finca Villacreces na Ribeira del Duero.
Orben 2005, evoluiu por 12 meses em barricas de carvalho francês, apresenta-se um vinho equilibradíssimo, com estrutura e caráter, aliando ataque de boca aveludado com refinada potencia, fechando o conjunto em plena elegância

orben-RP

O vinho Orben da safra 2005, tem uma previsão de guarda segundo os analistas de Robert Parker de até 2030.
Ao lado, a ficha original do site de Robert Parker, onde foi atribuída a esta safra do vinho Orben, fantásticos  92 pontos.

 
















Um vinho que fascina e encanta introduzindo sua personalidade com elegância indiscutível, firmando-se no universo vínico como um fiel representante dos belíssimos tempranillos e dos vinhos do Grupo Artevino.
ORBEN
Safra: 2005
Região: Rioja Alavesa -  D.O.Ca Rioja (D.O.Ca = Denominação de origem qualificada, é uma qualificação acima e superior a apenas D.O. Rioja)
País: Espanha
Assemblage: 97% Tempranillo
                    3% Graciano
Álcool: 14º
A Península Vinhos, importa o Orben com exclusividade e o estará colocando em promoção especial de inverno, fique atento à nossa loja virtual e aproveite esta oportunidade, faça seu estoque,
refaça sua adega e terá um belo vinho por muitos anos.


terça-feira, 11 de junho de 2013

La Bienquerida anunciada como a Audrey Hepburn de Bierzo

la-bienquerida-audrey-peninsula-vinhos
Quem não se lembra de Audrey Hepburn, no filme “Breakfast at Tiffany’s”,  que aqui no Brasil foi aos cinemas, com o nome de “Bonequinha de Luxo”, ou quem sabe, do filme “A Princesa e o Plebeu”, que rendeu à atriz Belga, o tão cobiçado “Oscar de melhor atriz”?
Eleita recentemente, em 2009, como a atriz de Hollywood mais bonita da história, Audrey teve uma juventude atribulada, passou por guerras, privações e fome, teve dificuldades no início da carreira, tendo sido, recusada como bailarina, por ser considerada muito alta, mas dona de inesgotável determinação, não se deixou abalar, seguiu adiante,  eram tempos difíceis.
Mais tarde,  por um movimento do destino, descobriu seu incrível talento, para expressar as emoções, capacidade que a tornaria um dia, reconhecida, como uma das melhores atrizes do mundo, de todos os tempos.

Sim, mas você já deve estar se perguntando, mas o que isto tem a ver com o vinho, e em especial, com o vinho “La Bienquerida”, e é  neste ponto, que este relato, caminha para o surpreendente...

Os apreciadores de vinhos, aqueles, que não se contentam apenas, em verter o vinho na taça e bebe-lo,  mas, que buscam em um vinho, sua expressão mais íntima, sabem o valor de um vinho com caráter diferenciado, quase a mesma personalidade, que faz com que algumas pessoas, sejam muito mais envolventes e interessantes, do que  outras, pois se diferenciaram pelo brilho próprio que emitem, assim são alguns vinhos, trazem em si, algo semelhante à personalidade humana, algo que o distingue dos demais, imprimindo nele, qualidades excepcionais.

A grande maioria de vocês, já conhecia a musa de Hollywood, mas, ao conhecerem um pouco sobre, este envolvente e impetuoso vinho da Bodega Altos de  Losada, de Bierzo, Espanha, o vinho “La Bienquerida”, irão começar a compreender esta  perspicaz  comparação, que foi publicada  na “La Vanguardia  Magazine”  e assinada pela sommelière, Meritxell Falgueras.

La Bienquerida  é o nome pelo qual foi batizada, uma parcela de um vinhedo antigo, que durante toda a sua existência,  foi extremamente cobiçada, por todos nos local, devido a qualidade de sua uva, e à expressão de seu terroir, impressa em seus vinhos. Plantado com a uva mencía, e uma pequena porção de variedades autóctones da região, pouco conhecidas, esta parcela de vinhedo,  foi recuperada pela Bodega Altos de Losada, e,  à  então, qualidade natural, reconhecida na região, foram incorporados tratos especiais, e vinificado seu fruto, que foi também batizado, com o nome de “La Bienquerida”.

Nas palavras de Meritxell Falgueras, o vinho, que vem encantando o mundo, com sua expressão surpreendente, tanto quanto o encantou, a própria Audrey.
Sensual, elegante, mimada e paparicada, cresce a parcela de vinhedo  “La Bienquerida”,  para ser a joia da coroa da Bodega Altos de Losada. Mais de um ano, em barricas de carvalho francês, de diferentes tamanhos que são, a vestimenta para realçar sua roupagem de argila, xisto e ardósia. Seu coração está eclipsado pelos sábios, velhos e audazes vinhedos da uva mencía, junto com outras variedades autóctones não tão famosas… 
Violeta fresca, mineralidade travessa,
uma camada de chocolate sobre a fruta madura
e taninos estruturados que cativam com a sua delicadeza.
Quer ser a Audrey Hepburn de Bierzo, com um estilo cultivado, evocando o perfume dos grandes Borgonhas: 
Um vinho que sem curvas pronunciadas, enamora por enigmático, para conquistar os amantes  dos goles especiais, que ao mover o copo quase percebem uma piscadela. 
Cem por cento de encanto,  inocência e talento de seus viticultores, com uma paixão sincera e um véu de distinção. 
Meritxell Falgueras, sommelière.
La Vanguardia Magazine, 25 de maio de 2013
Agora, é chegado o sensato e ansiado momento,  o  de ousar mais e trazer para a tua taça, esta descoberta,  pois um vinho, é  acima de tudo, mistério, traz em si, séculos de história, expressando a força da natureza, a quem une, a sabedoria  do homem, carregando consigo,  o incrível  poder de fascinar seus verdadeiros amantes.

Este momento não termina… fica a sugestão desta apaixonante descoberta, desfrute-a, e mesmo ao findar a garrafa, descobrirá que terá perpetuado em si, o prazer de ter desvendado este versátil porém infindável  mistério, pois o mesmo, renasce a cada nova safra.



La Bienquerida
Finca Altos de Losada
D.O. Bierzo
Espanha
Importado com exclusividade pela Península Vinhos



quarta-feira, 5 de junho de 2013

Degustações de vinhos da Península

taça-vinho-tinto
Como sabem, a melhor forma de escolher um vinho, é degustando-o antes da compra,  mas isto, é na maioria das vezes, impraticável, pois é raro, que os vinhos, estejam disponíveis em degustação gratuita, nas lojas.
A Península pensou em você,  e está organizando uma série de degustações, em alguns locais que vendem os nossos vinhos, que são importados da Espanha com exclusividade.
Nestes locais,  você poderá degustar o vinho, e se for do seu agrado adquirí-lo.

Veja as possibilidades de horários, ajuste sua agenda, aproveite um momento de folga,  e vá conhecer e apreciar alguns dos sabores da Espanha.
Você irá gostar!





JUNHO/ 2013

Data
: 06 de junho
Horário: das 12h00 às 18h00
Local: Empório La Rioja
Rua Senador Paulo Egídio, 70 – Sé – São Paulo

Data: 07 de junho
Horário: das 12h00 às 18h00
Local: Empório La Rioja
Rua Senador Paulo Egídio, 70 – Sé – São Paulo

Em breve mais novidades.
Aproveitem!!!




terça-feira, 4 de junho de 2013

Yecla, e a expressão da Uva Monastrell

monastrell-yecla-peninsula-vinhos

Recentemente falamos aqui,  de um dos vinhos importados pela Península Vinhos da Espanha, o Castaño Monastrell, da região de Yecla, que teve suas qualidades enaltecidas, como uma região especial pelo terroir e caráter, pelo famoso crítico Robert Parker e tem surpreendido o mundo, com a expressão da uva monastrell, tanto em vinhos varietais, com vinhos 100% monastrell, como em assemblage, com outras variedades permitidas na região, incluindo  uma das mais  conhecidas castas aqui no Brasil, a famosa, Cabernet Sauvignon, vamos conhecer mais esta região?

Um pouco da D.O. Yecla…


yecla

A D.O. Yecla está situada ao norte da região de Múrcia, perfazendo um total de 6.500 hectares de extensão, sendo dividida dois setores:
  1. Campo de Cima, com altitude de 700 a 800 metros e solo com 70% de calcário, 15% de argila, 15% de areia.
  2. Campo de baixo, com um altitude inferior, entre 400 e 500 metros e um solo com 50% de argila, 40% de calcário e 10% de areia.
Com fortes influências de um clima continental, apresenta verões cálidos, relativamente quentes e curtos, enquanto o inverno é longo e com temperaturas baixas, resultando em um excelente amplitude térmica, ideal para a expressão da videira, que devido as condições regionais, tende a se proteger, desenvolvendo recursos de adaptação e com isso produzindo substâncias, que irão enriquecer futuramente o vinho, aportando a ele especial caráter e expressão.

Variedades de uvas  permitidas na D.O. Yecla


Embora a Monastrell seja a uva emblemática da região, a ela, somam-se várias outras, em combinações de forma que possa dar liberdade ao enólogo, de trabalhar em suas descobertas, das expressões do terroir local.
  • Brancas: Macabeo, Chardonnay, Airén, Malvasía, Merseguera, Sauvignon Blanc e Moscatel de grão miúdo.
  • Tintas: Monastrell, Garnacha Tinta, Garnacha Tintorera, Cabernet Sauvignon, Merlot, Tempranillo e Syrah.
A Península traz ao Brasil vinhos da Bodegas Castaño, que como podem ver no mapa acima, se posiciona na divisa do Campo de cima, exatamente dentro da região de Yecla.

Um pouco de Yecla, um pouco da uva monastrell e muitos sabores e prazeres a serem descobertos, com as uvas da  Espanha.
Deixo para vocês, um vídeo,
que conta um pouco a história, da Bodegas Castaño.


Texto e pesquisa: Camila H. Coletti

Conheçam os vinhos aqui no Brasil, da Bodega Castaño:

Castaño Monastrell Rosado – 100% Monastrell
Castaño Monastrell tinto – 100% Monastrell
Hécula – Vinho tinto – 100% Monastrell
Castaño Colección – Vinho Tinto – 80% Monastrell, 20% Cabernet Sauvignon
Viña al lado de la Casa – Vinho Tinto – 66% Monastrell, 26% Cabernet Sauvignon, 6% de Syrah e 2% de Garnacha Tintorera.
Casa Cisca – Vinho Tinto – 100% Monastrell 

Todos disponíveis no site, com todos os detalhes sobre os vinhos

segunda-feira, 3 de junho de 2013

A Península Vinhos ajuda a criar a sua cena romântica

cena1-dia-namorados

Entramos no mês dos namorados, uma das épocas mais românticas do ano, que pede comemoração e portanto, pede vinho. Não é possível mais separar o romance de uma perfumada taça de vinho, seja ela com um espumante, com suas milhões de bolinhas  ou de uma taça de vinho banco, rosado, tinto ou doce.
O vinho faz parte, das épocas comemorativas e mais ainda desta época onde à comemoração, soma-se o romance.

A Península, pensando nisso, preparou alguns kits com vinhos escolhidos pelo poder de envolvimento e sedução, para ajudar na composição do clima de romance, para que você desfrute de momentos especiais junto da pessoa amada, brindando com o melhor vinho da Espanha e não apenas no Dia dos Namorados, mas o mês inteiro, afinal a vida fica mais bela sempre que temos motivos para comemorar.

Abaixo um de nossos 4 Kits elaborados para este mês que vai pedir muita comemoração, conheça-os todos, em nossa loja Virtual.
 
KIT1-A-cena2-namoradosComposto com o elegante cava Juvé y Camps Reserva Rosado Brut, elaborado com 100% de Pinot Noir pelo método champenoise, um cava com deliciosos aromas de frutas vermelhas, e toques de brioche. Refinado, incapaz de não agradar aos paladares mais exigentes, perfeito para uma noite inesquecível.

Assumindo o momento posterior, um dos mais brilhantes representantes da Ribeira del Duero, Alonso del Yerro, capaz de assinalar todo o  poder de sedução de um Tempranillo,  equilibrado, sensual,  revelando-se com um ataque macio, para a seguir,  surpreender em toda a sua potência, com elegância e requinte.
Perfeito para uma comemoração a dois.
 
 

Ambos muito bem pontuados por Robert Parker,  e de quebra, como presente especial da Península para vocês,  com um  desconto especial e brindes em alguns dos kits.
 
 Confira!
 
Link deste KIT e abaixo link para todos os nossos kits, as nossas promoções especiais.

Conheça mais em nossa loja virtual:  Promoções especiais Península Vinhos

Nós contribuímos com o vinho,
para que sua comemoração seja inesquecível.
 

Visite nossa loja virtual: www.peninsulavinhos.com.br

 


Ocorreu um erro neste gadget

Bodegas, Vinhos e Regiões da Espanha

Vinhos, Vinho, Vinhos da Espanha, Peninsula, Viña Sastre, Regiões da Espanha, Rioja, Priorato, Priorat, Ribera del Duero, Rueda, Castilla y León, Toro, Tierra de Castilla, Valdeorras, Bierzo, Rías Baixas, Somontano, Costers de Segres, Montsant, Cataluña, Terra Alta, Rioja Alta, Rioja Alavesa, Vino de Pago, Pago El Terrerazo, Navarra, Alicante, Yecla, Montilla, Morilles, Montilla-Moriles, Cavas, Espumantes, Vinho tinto, Vinho Branco, Vinho rosado, Vinho Rosé... Bodegas, Bodega, Protos, Aalto, Sastre, Angel Lorenzo Cachazo, Pago de Carraovejas, Finca Villacreces, Ossian Vides y Vinos, Numanthia Thermes, Vetus, Teso la Monja, Dominio de Eguren, Abadia Retuerta, Finca Coronado, Val de Sil, Finca Losada, Martín Codax. Pirineos, Vynia L'Hereu de Seró, Mas Perinet, Ca n'estruc, Edetária, Finca Allende, Bodegas Orben, Finca Nueva, Viñedos de Páganos, Señorio de San Vicente, Sierra Cantabria, Izadi, Mustiguillo, Asencio, Enrique Mendoza, Sierra Salinas, Castaño, Alvear, Cava Juve y Camps